Novo presidente da Câmara e prefeito Hildon Chaves vão à Brasília em busca de soluções

Em entrevista exclusiva ao Rondonoticias, Edwilson Negreiros fala também sobre metas de sua gestão

Por PabloFerreira 11/02/2019 - 11:36 hs

PORTO VELHO RO – O novo presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, Edwilson Negreiros (PSB) embarca nessa terça-feira (12) à Brasília, juntamente com o prefeito Hildon Chaves (PSBD). Acompanham o presidente e o chefe do Executivo, os vereadores: Alan Queiroz (PSDB), Clovis Carvalho (PT) e pastor Sandro de Carvalho (PSB), que assumiu o cargo recentemente no lugar de Jair Montes (PTC) eleito deputado estadual.

 

Em pauta na capital federal, reuniões com representantes do Estado na Câmara, no Senado e Ministérios para tratar sobre os problemas de execução das obras de drenagem base e sub-base do bairro da Lagoa e Igarapé e bairro nacional “e o recapeamento de mais de 80 quilômetros de ruas no município, que será iniciado assim que as chuvas cessarem”.

 

Em entrevista exclusiva ao Rondonoticias, Edwilson Negreiros, que assumiu a Presidência da Câmara de Vereadores da capital para o biênio 2019/2020, sucedendo o vereador Maurício Carvalho (PSDB), fala também sobre metas de sua gestão, e trabalhos em parceria com a Assembleia Legislativa e o Executivo.

 

Metas

 

Entre as principais metas mencionadas por ele, está a aposentadoria compulsória dos servidores de carreira da Câmara de Vereadores, que segundo o presidente, será dada continuidade através dos trabalhos deixados pela gestão anterior de Maurício Carvalho, que conforme destaca “deixou empenhado mais de R$ 1,5 milhão para dar prosseguimento aos trabalhos”.

 

Reformas e ampliações dos gabinetes dos vereadores, e do prédio do Legislativo, também estão entre as prioridades do novo gestor do Legislativo Municipal.

 

Outro projeto almejado pelo vereador, é colocar em prática a realização das Câmaras Itinerantes que até então eram realizadas somente nos distritos, e trazê-las para os bairros de Porto Velho, com objetivo de aproximar a população do Legislativo e ouvir mais de perto as necessidades dos moradores com sessões marcadas com a participação de secretários municipais.

 

TV Câmara

 

Seguindo a idéia de dar mais proximidade entre Legislativo Municipal e população, Edwilson Negreiros revela que outra meta, é implantar até o final do mandato a TV Câmara.

 

O projeto, revela, tem apoio da Comunicação da Assembleia Legislativa e, assim como acontece no Legislativo Estadual, objetiva transmitir as Sessões realizadas na Câmara de Vereadores ao vivo, e outras ações da Câmara e dos vereadores, dando mais transparência à gestão.

 

O presidente relata que a parceria para implantação da TV Câmara foi iniciada com apoio da gestão do ex-presidente da Assembleia Legislativa do Estado (ALE) Maurão de Carvalho (MDB) e foi confirmada pelo atual presidente da ALE Laercio Gomes (PSDB).

 

Revogação de Leis

 

 

Um Mutirão para revogar várias leis que, no entendimento do Legislativo Municipal, atrapalham o cotidiano de Porto Velho, é outra proposta que será colocada em prática na Câmara, afirma o presidente.

 

Como exemplo neste sentido, ele cita algumas Leis que foram criadas ainda na década de 60 e 70 como a que exige que, para que as empresas funcionem, tenham de obrigatoriamente de ter área destinada para estacionamento. A matéria foi retirada ano passado, com ressalvas para empresas de grande porte.

 

Edwilson Negreiros conta também que, outra reformulação em favor de melhorias para a população é o Projeto do Executivo que deve ser encaminhado nos próximos dias legalizando o estacionamento rotativo (Zona Azul), “que vai controlar melhor as vagas nos estacionamentos, especialmente na região central da cidade”.

 

Um Sistema de Monitoramento Eletrônico do Trânsito nas principais vias da capital como: Carlos Gomes, Jatuarana, Sete de Setembro, Duque de Caxias, Governador Jorge Teixeira, Pinheiro Machado e Praças Públicas também está entre as metas à serem executadas pela atual gestão da Câmara de Vereadores.

 

O vereador presidente reconhece que o Projeto tem custo alto, mas justifica: “será executado pelo município e traz benefícios extremamente relevantes à população, não só nas elucidações dos acidentes de trânsito, mas na redução dos índices de criminalidade.”

 

Transporte público

 

Mesmo claramente demonstrando que trabalhará harmonicamente com o Executivo no desenvolvimento de projetos, Edwilson Negreiros assegura que não abrirá mão do papel do Legislativo de fiscalizar.

 

“Tanto que nesta segunda-feira uma comissão será aberta para acompanhar em tempo real, o andamento da licitação do Transporte Público de Porto Velho, tanto da área rural com o Transporte Escolar previsto para retornar em abril, como urbana que é o Coletivo. E se Deus quiser, vai aparecer uma nova empresa que venha operacionalizar com qualidade merecida à população, sem tirar o direito dos taxistas, mototaxistas e motoristas de aplicativos”, ressalta.

 

Saúde

 

Outra questão que está sendo acompanhada de perto, menciona, é a contratação dos 40 médicos clínicos gerais para atender as UPA´s solicitada segundo o vereador por ele mesmo ao prefeito.

 

Conforme explana, além dos 40 clínicos, outros 20 concursados serão convocados, além de especialistas nas áreas mais carentes como: pediatras.

 

“Mais de 100 médicos estão interessados em trabalhar, mas inicialmente tem de cumprir o que determina o MP (Ministério Público) e, primeiro chamar os concursados e contratar os emergenciais para depois tratar das especialidades”, esclarece.

 

Transparência

 

Outra forma de legitimar o Poder Legislativo da capital relatada pelo novo presidente foi de imediato, garantir 100% do funcionamento do Portal transparência da Câmara, disponibilizando salários e verbas indenizatórias individuais de cada servidor e vereador, pagamentos financeiros “e todas as ações administrativas da Câmara, que podem, e devem ser consultadas pela população”.

 

Harmonia

 

Seguindo a linha de transparência, Edwilson Negreiros destaca que, assim como o estado que se sobrepõe em nível nacional neste sentido, tanto o município quanto à Câmara estão com as contas em dia, “não deve à nenhum fornecedor e também como Executivo Estadual e Municipal, está com a folha de pagamento em dia, e trabalhando em harmonia com os poderes. Problemas de infraestrutura claro que existem, mas dentro das possibilidades legais, vamos buscando sanar aos poucos”, resume, acrescentando que, na continuidade de projetos que visam apoiar o fortalecimento dos trabalhos do Executivo estão o retorno de duas secretarias: a Semagri e SemdesTur, que devem ter projetos votados ainda esta semana.